A Festa

A festa de Iemanjá é constituida basicamente de 5 etapas:

1ª etapa - Preâmbulo da Festa

Durante todo o mês de dezembro, as lojas de artigos religiosos do Mercadão de Madureira envolvidas na Festa, mantêm um barco de 1 metro de cumprimento enfeitado para Iemanjá onde os clientes e visitantes colocam pedidos e oferendas para esse Orixá. Durante esse período os lojistas e seus auxiliares estarão usando as camisas feitas especialmente para a Festa e distribuirão panfletos explicativos sobre os festejos.
A imagem de Iemanjá de 1,80 mt que será levada em cortejo de Madureira até a praia de Copacabana no dia 29 fica sendo exibida ao longo do mês de dezembro nos corredores do Mercadão.

2ª etapa – Concentração no Mercadão

No dia 29, durante a concentração que antecede à carreata, são distribuídas no Mercadão para os participantes água e refrigerantes.
No dia 29, a partir das 12 hs tem início à Festa de Iemanjá propriamente dita, com a concentração do público em frente ao Mercadão, sendo iniciados os cânticos e os toques para iemanjá e os outros orixás, realizados por Zeladores (as) de Santo e Ogans especialmente convidados pela organização do evento.
Às 14 hs tem início a retirada das lojas dos barcos com as oferendas e pedidos a iemanjá, que são levadas por adeptos da religião até o caminhão especialmente preparado para levá-los até a praia de Copacabana, onde serão lançados ao mar. Essa retirada é conduzida pelos Filhos de Ghandi que, em cortejo pelos corredores do Mecadão entoam cânticos aos Orixás.

3ª etapa -- Carreata: Madureira - Copacabana

Às 15 hs, já com o caminhão com a imagem de Iemanjá de 1,80 mt enfeitado e preparado para o percurso, o carro de som entoando cânticos para Iemanjá e para os demais orixás, uma ambulância, cerca de 20 ônibus e dezenas de carros particulares já devidamente enfileirados, tem início o cortejo que é comboiado por batedores da Guarda Municipal e por veículos da Polícia Militar e da CET Rio.
O cortejo segue pelas ruas da cidade, em roteiro previamente aprovado, desde Madureira até a Praia de Copacabana, em frente à rua Constante Ramos, local em que é erguida, nas areias da praia, uma tenda de 40 X 50 metros, para a realização dos festejos para Iemanjá.

4ª etapa - Rituais na praia de Copacabana

No dia 29, no auge da Festa, as areias de Copacabana recebem os participantes do cortejo provenientes de Madureira e, dentro da tenda principal, já com todos os barcos retirados do caminhão e dispostos no seu interior, tem início os ritos religiosos que antecedem a entrega das oferendas à Iemanjá. Ao som dos atabaques serão entoados cânticos e os Zeladores, Ogans e Filhos de Santo em geral dançam para os Orixás e em especial para Iemanjá.
Todo esse ritual é acompanhado pelos turistas brasileiros e estrangeiros, pelos adeptos da religião e pelo povo em geral, que no Rio de Janeiro simpatiza bastante pelos ritos da Umbanda e do Candomblé.
Antecedendo a parte final da parte religiosa da Festa os barcos com as oferendas, já livres de qualquer material feito de vidro ou que não seja biodegradável, são levados à beira da praia e colocados nos barcos dos pescadores que os levam para entregar à Iemanjá em local longe da Costa.
Para finalizar a parte religiosa da festa, os Zeladores de Santo comandam uma oração aos Orixás e após o seu término são lançados ao ar pombos brancos simbolizando a paz entre os homens e entre todas as religiões do planeta.

4ª etapa – Show Cultural

Após a parte religiosa da Festa, com a entrega dos presentes a Iemanjá e a revoada de pombos, o povo volta ao interior da tenda e acomodados nas arquibancadas assistem ao show de diversos grupos folclóricos que apresentam musicas e apresentações que enriquecem a nossa cultura, tão rica e bela, focada em ritos de nossos ancestrais Afro-descendentes.

Patrocínio: Apoio:

Copyright © 2010 - Todos os direitos reservados, Festa de Iemanjá do Mercadão de Madureira